Arquivo da categoria: Noivas

Tudo que uma noiva precisa saber, dicas,
preparativos para o casório, troca de ideias

Responsável: Juliana Maester

As noivas falam! – Franciele Britto

  • Como o casal se conheceu?

Na sala de aula!rs No meu primeiro dia de aula na faculdade. Brigamos nesse dia, pois achei ele muito sistemático.

  • Quando foi a primeira vez que disseram eu te amo?

Ele me disse antes de começarmos a namorar, pois já nos conhecia antes, mas eu não conseguia falar “eu te amo”, quando tentava eu travava, não saia, kk. Depois de uns 3 meses de namoro eu consegui falar e saí correndo, uhaushuahs .

  • Como foi o pedido de casamento?

Foram 3 pedidos, o primeiro no culto de domingo na igreja, enquanto o pastor pregava. O segundo foi em casa, e o terceiro foi no noivado dia 23/08/2014. (acho que ele estava com medo kk)

  • Qual o presente de casamento que você está mais na expectativa de ganhar?

cafeteira

 

  • Qual noiva você mais admira?

Não tenho nenhuma em específico.

  • Se você pudesse contratar qualquer banda do mundo para sua festa qual seria?

coldplay

  • Qual prato você acha que irá mais cozinhar na sua casa nova?

Tudo relacionado a mandioca!!

mandioca

  • Quantos filhos pretendem ter? Já sabem os nomes?

Bom, eu queria 5… Mas ele não quer 5 acha muito (??) rs, será 2. Meu sonho é ser mãe, e quero uma menina. Se for, então o nome será Marcela. Menino: Artur, Miguel. Ele quer Mateus, mas eu falei que não, já! 😀

  • Qual é a qualidade dele que você mais admira?

Muitas! Ele é muito inteligente. Tem um coração enorme e ama a Família.

  • Deixe um recado para as noivinhas do futuro.

Meninas uma dica: O tempo quando se fala em casamento, ele sai correndo de você, então se programem antes, anotem tudo o que estão pretendendo, monte seu orçamento, sentem os dois e faça um cronograma do que precisa fazer, pois assim terá menos dor de cabeça. Orem muito também, pois nesse período muita coisa vai te acontecer para não dar certo. Mas se você estiver em conexão com o Pai, nada chegará a ti! E depois curta bastante, pois é uma vez só essa sensação! Deus as abençoe!

Obrigada, Fran! =D

Juliana Maester

Testemunho de Noiva! – Rubia Assis

Casamento…
É… Chegou minha vez. Confesso que cheguei a pensar que esse dia nunca chegaria.
Tive vários motivos pra não sonhar com o matrimônio assim como a maioria das mulheres, por medo. As referências que um dia tive de um relacionamento matrimonial não foram nada agradáveis, então já que “está na moda” ser solteiro, estressar-se pra quê? Deixa as pessoas falarem!
Muitas vezes na minha adolescência e pode-se dizer também na juventude, fui muito cobrada por nunca ter namorado.
Fui uma adolescente muito reservada, ou melhor, anti-social em todos os aspectos. Até meio depressiva, posso dizer, pois chegava a perguntar-me, pra que me olhar no espelho? É claro que nenhum rapaz se interessaria por mim, eu pensava. Bora cuidar do futuro e estudar.
Aos 17 anos, conheci Jesus e decidi esperar o meu prometido. Nada de “ficar”, quem me quiser, terá que me namorar sério. Foquei nos estudos e nos concursos públicos.
O tempo não parou, e nada de conhecer alguém que tirasse o medo de ser chamada de esposa. Conheci alguns rapazes que não passaram de amizades coloridas e períodos de orações. O medo não me abandonava. A pergunta era “será que serei capaz de escolher um bom marido e um bom pai?” A palavra relacionamento pesava muito pra mim.
Até que numa viagem entre amigas, enquanto fazíamos nossa devocional matinal, Deus me disse: “o que eu tenho pra você é maior do que pode imaginar, seus pais não me seguiram, mas você tem a Mim. Guarde os meus mandamentos e vive”. Confesso que não descansei de imediato. Tive outras oportunidades, mas não havia paz em meu coração.
Mais alguns anos se passaram e comecei a sentir a idade pesar. Aos 26 anos, nunca ter namorado alguém? Que estranho! Já sou titia. As cobranças que eu antes ignorava, passaram a fazer parte dos meus pensamentos. Houve muitas noites de choros e aflições, muitas perguntas eram respondidas claramente em meu coração, outras só ficavam no silêncio. Cheguei a pesquisar sobre o dom do celibato, mas pra a Glória de Deus, entendi que não era o meu dom…rs.
Aos 27 anos, finalmente conheci um rapaz que tinha a maioria dos itens que eu orava (exigia), só que não havia o mais importante, sentimento. Mas a torcida do Corinthians estava a favor e vibrava. Este “namoro” de aparência, pois eu mais fugia do rapaz do que tudo, durou exatamente 1 mês (Longos 30 dias…).
Seis meses depois fui apresentada por uma amiga incomum a um rapaz recém-convertido. O mesmo estava procurando uma igreja bacana e que fosse próximo à sua residência. Essa amiga pediu pra que eu cuidasse deste rapaz. De repente ele sumiu e eu não tinha seus contatos. Depois de algumas semanas, investiguei e soube que ele estava indo aos cultos, mas por receio, não falava comigo.
Quando finalmente teve coragem, eu estava concluindo o curso de odontologia. Como muitas de vocês sabem, o TCC nos torna anti-sociais. O que eu mais queria naquele momento era ficar invisível. Mas aos poucos, deixamos de ser somente amigos de facebook e começamos a nos comunicar por sms, pois eu havia saído das redes sociais pra focar no término da graduação. O rapaz em questão se propôs a me ajudar com os projetos e pesquisas, inclusive a comprar alguns materiais. Quando me dei conta, não conseguia parar de falar com ele. Pela primeira vez senti saudades e não tive medo de dizer isso a mim mesma.
A cada conversa, sentia uma paz sobrenatural. Pois ao conhecê-lo vi que todos os itens da lista de oração, conferiam.
Quando o Quevson me pediu em namoro, propus que orássemos antes. No carro enquanto orávamos, choramos muito e confessamos um ao outro o quanto esperávamos por alguém especial no Senhor. Após um ano e meio de namoro decidimos nos casar, compramos nosso apartamento pra honra e glória de Deus.
Hoje, com um ano e dez meses de namoro, posso dizer a vocês com uma emoção regozijante, que quero ser esposa dele e sem medo do matrimônio estou organizando cada detalhe do nosso casamento com a certeza de que valeu a pena esperar no Senhor.
Enquanto escrevo, caem lágrimas que louvam ao Senhor, porque a cada lembrança dos momentos de aflição, Deus se mostrou presente e de maneira paternal me acarinhou através de sua Palavra e do Espírito Santo. Foram nestes momentos de tristeza que, clamando, vi o sobrenatural.

Agora, falando de cerimônia: Quando fomos conversar com o pastor, houve a primeira surpresa com a pergunta que ele nos fez: “mas quando vocês querem se casar?” Nos olhamos e respondemos que ainda não sabíamos, mas que seria em 2015. Rimos e fomos orientados com muito carinho e atenção pelo nosso pastor.
Quando decidimos pelo mês de setembro, a principal razão foi variedade e facilidade com a decoração, em decorrência da primavera. O dia? O que tiver disponível…rs. Quando passamos a conhecer outros noivos, bufês, salões de festas, decoradores, todos nos disseram que estávamos atrasados, mas a paz e a nossa tranquilidade começou a irritar nossas mães, com isso fomos pressionados.
Minha decisão principal de início foi, que não resolveria tudo sozinha, pois não quero ficar uma noiva neurótica. As tarefas foram divididas entre nós dois. No início deu certo, mas com ele é só aos empurrões, me disseram pra ter paciência que é normal…rs

Bom, queridas. Espero que este texto seja relevante pra vocês, pois penso que na vida cristã todas vivemos momentos que servem como testemunho pra edificar outras vidas. Que venham os dias agradáveis e sem preocupações pois o Senhor é capaz de nos dar a paz que excede o entendimento, e que sejamos mulheres virtuosas em qualquer situação. Noivas, esposas, filhas, mães, irmãs, amigas e colegas. Pra honra e glória do nosso Senhor Jesus.

É maravilhoso servir a este Deus!!!

Rubia Assis

984188_4418257912281_9046049049482615457_n

 

Quase Noiva! – Beatriz Moura

Não sou noiva, mas quero casar!

Vocês devem estar pensando: como assim não é noiva? Pois é, é isso mesmo. Não tive ainda a oportunidade de dizer o sim (ou o não? Brincadeirinha!). Eu nunca tinha namorado até conhecer o meu príncipe, logo sou meio “inexperiente” nestes assuntos. Ele é o meu primeiro e único namorado até então, por isso todas as experiências que tenho me baseiam no relacionamento que temos. Óbvio que neste assunto de casamento provavelmente todas nós somos inexperientes, afinal o casamento é apenas uma vez na vida (assim espera-se). Por mais que tenhamos ajudado no casamento de uma amiga, numa festa aqui, outra acolá, é completamente diferente falar do SEU PRÓPRIO casamento. Cada detalhe, cada emoção, cada flor, cada cor importa.

Eu fico um pouco apreensiva sobre o tal momento do “quer casar comigo”. Parece que está muito longe, às vezes parece que está perto, não sei. O tempo de Deus é diferente do nosso, então ficamos um pouco perdidos em meio às nossas ansiedades. Como consequência de toda essa ansiedade, já pesquisei algumas coisas sobre preparativos e nós como casal já demos aquela adiantada na questão moradia (afinal, quem casa quer casa) e estamos pagando a construção do nosso futuro apartamento. Sou detalhista, engenheira por formação, logo muito racional e gosto de planejar, controlar, sendo que às vezes penso que vou “pirar” quando chegar a minha vez de pensar e decidir sobre o tal grande dia. Acho que é uma mistura de emoção e pressão pessoal que fazem com que queiramos que tudo saia daquele jeitinho que sempre sonhamos.

Nestes momentos em que os pensamentos negativos aparecem, imaginando que vou me estressar, que o dinheiro não vai dar, que a insegurança vai bater ou que alguns detalhes não vão ser possíveis, logo eu me lembro de Deus e reflito sobre o quanto Ele já fez por mim até hoje. Ele nunca me desamparou, realizou todos os sonhos que tive e também os que eu mesma não sabia que tinha, mas que quando aconteceram na minha vida, eu percebi a felicidade que foi. Os planos dEle são infinitamente maiores e melhores que os meus. Nestes momentos então, peço que Deus abençoe a cada noivinha que passa por estas ansiedades e que Ele continue abençoando a minha união com meu namorado, que ele e eu possamos ser benção na vida das pessoas ao nosso redor, que através do nosso testemunho no dia a dia e em nossos comportamentos muitos venham a conhecer o nosso Deus, poderoso, amoroso, maravilhoso, e que garante que Ele está no controle, sendo que o grande dia será exatamente como Ele sonhou – e isso é o que vai superar todas as nossas expectativas.  

Beatriz Moura

1476287_10201091689280451_1017788504_n

As noivas falam! – Amanda Landim

Iniciando a sessão de entrevistas com as nossas noivinhas, a queridíssima Amanda Landim conta pra gente algumas curiosidades sobre a sua vida de noiva. Fizemos algumas perguntas, e ela mandou pra gente:

Noiva: Amanda Landim | Noivo: André Assato | Data do casamento: 10/09/2016

  • Como o casal se conheceu?

Nos conhecemos na igreja. Mas foi no dia das mães de 2011 em que nós nos conhecemos direito. Neste dia, após o culto, fomos entregar uma lembrança às mães vizinhas da igreja numa campanha de evangelismo. Sucesso total essa campanha!!!

  • Quando foi a primeira vez que disseram eu te amo?

Boa pergunta… Foi há um tempão… rsrsrs. Lembro que foi 3 meses depois do início do namoro, mas não lembro do dia…

  • Como foi o pedido de casamento?

O pedido de casamento foi no dia do meu aniversário: 11/08/14, mas o noivado foi mesmo no dia 20/12/14.

  • Qual o presente de casamento que você está mais na expectativa de ganhar?

O maior presente que eu poderia ganhar é a presença de toda minha minha família,
amigos e irmãos da igreja. Acho realmente lindo a igreja cheia num dia de casamento! Mas qualquer pessoa pode se sentir à vontade para dar uma pequena lembrança… (uma batedeira da marca kitchenaid, vermelha, rsrsrs)

11185454_858225570912139_258167156_n

  • Qual noiva você mais admira?

A noiva que eu mais admiro é a princesa Grace Kelly de Mônaco! Muito linda e elegante, queria ser como ela!

11160076_858225854245444_460652007_n

 

  • Se você pudesse contratar qualquer banda do mundo para sua festa, qual seria?

Família Lima. Se a Sandy quiser vir também… rsrsrs

11185873_858226090912087_1487509241_n

 

  • Qual o prato que você acha que irá mais cozinhar na casa nova?

Tapioca!!! Poucas calorias!!!

  • Quantos filhos pretendem ter? Já sabem os nomes?

Eu gostaria de ter 3, mas ele 2. Se for menino será Joaquim ou Álvaro, se for menina será Laura.

  • Qual é a qualidade dele que você mais admira?

Competência e sensibilidade.

  • Deixe um recado para as novinhas do futuro:

Florzinhas, nunca façam nada impulsivamente. Utilizem a sabedoria que Deus lhes deu! Sempre pesquise, seja o que for, em mais de dois lugares, a pior coisa é o arrependimento daquilo que poderia ter sido e que não foi… E o mais importante, esteja feliz com suas escolhas!

 

Obrigada, Amanda! =D

Juliana Maester

Noiva e pechincha: uma relação direta

Os preparativos para o casamento te ensinam que a noiva está para a pechincha assim como a pechincha está para a noiva. E não se trata de uma questão de “levar vantagem”. Não, não. Trata-se de justiça. Porque quando você chega numa loja para cotar um maravilhoso item para o seu casamento dos sonhos, acredite: os preços sobem assustadoramente! E não saia para um dia de buscas pensando em disfarçar o fato de que você é uma noiva, pra ver se ninguém percebe. Esqueça. Seus olhos brilhando dirão a todos quantos a virem, que você é uma noiva. Seu sorriso estonteante a cada arranjo de mesa não deixarão dúvidas que você busca não apenas um arranjo de flores, mas o arranjo de flores para o SEU CASAMENTO. Isto posto, conscientize-se de que você precisa fazer com que os preços que você procura voltem ao padrão normal de todo ser vivente!

Mas você não sabe pechinchar, obviamente. Em sua rotina diária você faz de tudo pra ver a etiqueta mais barata no menor espaço de tempo possível, afinal “tempo é dinheiro”. Mas não. Agora você é uma noiva e precisa aprender, desde já, a administrar a sua casa. Então você não vai fazer o seu noivo gastar uma fortuna com uma lembrancinha para os padrinhos, ok?

“Mulher virtuosa, quem a achará? Ela vale muito mais do que joias preciosas” “Administra os bens da sua casa e não se entrega à preguiça” Provérbios 31:1,27

Então chame a sua madrinha menos “acanhada” e corra ao desafio! Não se contente com o primeiro, segundo ou terceiro valor! Pesquise, faça contrapropostas, ofereça o valor à vista e peça opções. Deixe a vergonha e tenha paciência! Peça a direção de Deus nas menores decisões, e permita-se ser surpreendida!

“O coração do homem planeja o seu caminho, mas o Senhor lhe dirige os passos”. Provérbios 16:9

Obs.: Deus gosta muito de festas, especialmente as de casamento.

😉

Juliana Maester

Pressa não, planejamento!

               Tem muita gente achando que eu estou apressada. Afinal, faltam 1 ano, 3 meses e 3 dias para o meu casamento (mas eu já estou falando sobre isso há um tempinho, é verdade). Informo a todos que na busca do meu vestido, soube de noivas que já reservaram o seu modelito para 2017! Portanto estou tranquila em dizer que não se trata de pressa, mas sim de planejamento. Quero me esforçar para chegar a uma semana antes do grande dia e “tentar” estar tranquila! Eu sei que você que já passou por este processo vai me dizer que é impossível, mas por favor, deixe-me tentar. Conceda-me a chance de imaginar estar tudo “sob controle”.

         Aliás, falemos sobre controle! Em minha larga experiência de 1 mês e meio como noiva (oficialmente – com aquela história toda de pedido e aliança..), tenho vivido a necessidade inerente de nós, noivas, buscar manter tudo sob controle. E olha que estou apenas no começo! Mas convenhamos: administrar um preparo de total mudança de vida não é fácil. Lembremos que daqui a um custíssimo período de tempo eu deixarei de viver sob o teto de meus pais e não mais prestarei contas a eles, e sim ao meu lindo futuro esposo. E, por mais que eu queira isso, sei que não será uma tarefa muito simples. Ser noiva, portanto, é muito mais que preparar uma cerimônia e uma festa, bem mais difícil que pensar em toda a decoração da nova casa e, acredite, muito mais complexo do que a árdua tarefa de escolher o vestido ideal! Somada a todas as circunstâncias citadas, minha formação em Relações Públicas (Uhuuu! Yeah!) deu-me a oportunidade de sempre construir uma visão holística de cada situação (meus professores ficarão orgulhosos de ler isto), ou seja, tornei-me incapaz de fazer e pensar em uma única coisa por vez. E confesso, na situação atual, isto me causa um certo stress.

        Mas em minha ínfima experiência como cristã, tenho aprendido a cada dia que o controle de todas as coisas vêm dos céus, das mãos daquele que nos criou, o próprio Deus! Lembro com esperança e alívio as palavras de Jesus:

Aves

 “Observem as aves do céu: não semeiam nem colhem nem armazenam em celeiros; contudo, o Pai celestial as alimenta. Não têm vocês muito mais valor do que elas?” Mateus 6:26

            Portanto, se tenho muito mais valor do que os passarinhos, consigo me esforçar diariamente para deixar minhas ansiedades em Deus, que é capaz de controlar TUDO. Com Ele, não tenho dúvidas de que as chaves do apartamento estarão em nossas mãos no dia certo, e que os docinhos da festa estarão deliciosos! Sei que quando o coloco em evidência em minha vida, Ele dará sempre o melhor para mim!

“Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhes serão acrescentadas. Mateus 6:33

          Noivas: apressadas ou planejadas, entreguemos o nosso check-list  a Deus! Deixemos que Ele mesmo controle tudo, e aguardemos as surpresas que estão por vir!

Obs.: Já escolhi o meu vestido! 😉

 Juliana Maester

Noivas

Ele pediu e eu disse sim! Compramos o apartamento e marcamos a data. Vou casar!!

Calma. Vou casar?! Então o meu grande dia está chegando? O dia tão sonhado por toda menina? Certo, hora de planejar! Igreja, buffet, convites, lembranças, vestido, madrinhas, padrinhos, decoração e por aí vai. Fora a casa. Ou seja, dinheiro! Eu sabia que casar sai caro, mas precisa ser tanto?rs Continuar lendo Noivas